Anuncie no Encontre Portugal

O maior Portal de dicas ao imigrante em Portugal.

MENU

 Comparação entre Portugal e Inglaterra: Salário Mínimo, Poder de Compra e Qualidade de Vida

inglaterra_x_portugal

 Comparação entre Portugal e Inglaterra: Salário Mínimo, Poder de Compra e Qualidade de Vida

Portugal e Inglaterra são dois países europeus com suas particularidades e diferenças. Neste artigo, vamos explorar diversos aspectos, como salário mínimo, poder de compra, aquisição de casa e carro, bens materiais, supermercados, valor médio de arrendamento de casa e quartos, oportunidades de emprego, educação, acesso à saúde, pobreza, violência, receptividade com estrangeiros e a comunidade brasileira. Essas informações ajudarão a entender as diferenças entre os dois países e a qualidade de vida que oferecem aos seus habitantes.

Salário Mínimo e Poder de Compra:

Em termos de salário mínimo, a Inglaterra apresenta uma média mais elevada em comparação com Portugal. Enquanto o salário mínimo em Portugal é de cerca de €760 por mês, na Inglaterra ele é estabelecido em torno de £ 1.667,20 mensais, o que representa uma diferença substancial. No entanto, é importante levar em consideração o poder de compra e o custo de vida em cada país. Embora os salários sejam mais altos na Inglaterra, o custo de vida também é mais elevado, especialmente em cidades como Londres. Por outro lado, Portugal oferece um custo de vida mais acessível em muitas áreas, proporcionando uma vantagem para o poder de compra.

Aquisição de Casa, Carro e Bens Materiais:

Em relação à aquisição de casa, a Inglaterra possui um mercado imobiliário mais caro, principalmente nas grandes cidades. Os preços das propriedades são consideravelmente mais altos em comparação com Portugal, onde é possível encontrar opções mais acessíveis. No que diz respeito a carros e bens materiais, ambos os países oferecem uma variedade de opções, mas a Inglaterra tem uma indústria automotiva mais robusta e uma maior oferta de produtos.

Supermercados e Valor Médio de Arrendamento de Casa e Quartos:

Tanto Portugal quanto a Inglaterra possuem uma ampla gama de supermercados que oferecem produtos de qualidade. No entanto, é importante destacar que o custo médio dos alimentos pode ser um pouco mais alto na Inglaterra. Em relação ao valor médio de arrendamento de casa e quartos, a Inglaterra é geralmente mais cara, especialmente em áreas urbanas. Em Portugal, é possível encontrar opções mais econômicas, especialmente em cidades menores e áreas rurais.

Além dos aspectos mencionados anteriormente, é relevante fornecer informações mais específicas sobre os valores médios de arrendamentos em Portugal e na Inglaterra, assim como as opções de lazer e turismo oferecidas por cada país.

Em relação aos arrendamentos, é importante destacar que a Inglaterra, especialmente em cidades como Londres, apresenta valores mais altos quando comparada a Portugal. Em Londres, por exemplo, o preço médio de arrendamento de um apartamento de um quarto pode variar entre £1.500 e £2.500 por mês, dependendo da localização e das características do imóvel. Já em áreas fora do centro da cidade, os preços podem ser um pouco mais acessíveis, com médias variando entre £1.000 e £1.500 mensais.

Em Portugal, os valores médios de arrendamento são geralmente mais baixos do que na Inglaterra. Em Lisboa, por exemplo, o aluguel mensal de um apartamento de um quarto pode variar entre €700 e €1.200, dependendo da localização e das condições do imóvel. Em cidades menores ou em áreas rurais, é possível encontrar opções ainda mais econômicas, com médias variando entre €500 e €900 por mês.

Lazer e Turismo em Portugal e na Inglaterra

No que diz respeito às opções de lazer, tanto Portugal quanto a Inglaterra oferecem uma ampla gama de atividades culturais, esportivas e de entretenimento. Na Inglaterra, é possível explorar a rica história do país visitando museus e monumentos icônicos, como o British Museum e a Torre de Londres. Além disso, o país possui uma vibrante cena teatral, com produções renomadas em West End, em Londres. Para os amantes de esportes, a Inglaterra também oferece a oportunidade de assistir a jogos de futebol, críquete e rugby, esportes muito populares no país.

Já em Portugal, os turistas podem desfrutar das belas praias ao longo da costa, praticar esportes aquáticos, como surf e vela, ou simplesmente relaxar sob o sol mediterrâneo. As cidades portuguesas, como Lisboa, Porto e Faro, oferecem uma mistura encantadora de história, arquitetura e gastronomia. É possível explorar bairros históricos pitorescos, como Alfama em Lisboa e Ribeira no Porto, visitar vinícolas e degustar os famosos vinhos portugueses, ou explorar a bela paisagem do interior, com suas vilas encantadoras e paisagens deslumbrantes.

Ambos os países também estão bem situados para viagens a outros destinos turísticos. A partir de Portugal, é possível visitar as ilhas dos Açores e Madeira, conhecidas por suas belezas naturais e paisagens deslumbrantes. A Inglaterra, por sua vez, está próxima a outros países europeus, permitindo a exploração de destinos como França, Bélgica e Holanda por meio de viagens curtas de trem ou avião.

Em resumo, tanto Portugal quanto a Inglaterra oferecem opções de lazer e turismo interessantes, cada um com suas características e atrativos únicos. A escolha entre os dois países dependerá dos interesses pessoais e do estilo de vida desejado pelo imigrante. Ambos oferecem uma gama diversificada de atividades e destinos turísticos que podem enriquecer a experiência de quem decide morar ou visitar esses lugares fascinantes.

Oportunidades de Emprego, Educação e Acesso à Saúde:

No que diz respeito às oportunidades de emprego, a Inglaterra oferece uma economia mais diversificada e oportunidades em diversos setores, especialmente em Londres. Portugal também possui um mercado de trabalho em expansão, especialmente nas áreas de turismo, tecnologia e serviços. Em relação à educação, ambos os países têm sistemas de ensino bem estabelecidos, com universidades de renome internacional. Quanto ao acesso à saúde, ambos os países possuem sistemas de saúde públicos, mas a Inglaterra é reconhecida por seu serviço nacional de saúde (NHS), que oferece cuidados gratuitos ou subsidiados.

Pobreza, Violência e Receptividade com Estrangeiros:

Ambos os países têm desafios relacionados à pobreza, mas em proporções diferentes. A Inglaterra apresenta uma taxa de pobreza um pouco mais alta do que Portugal. No que diz respeito à violência, ambos os países têm taxas relativamente baixas, mas é importante levar em conta que áreas específicas podem ter índices diferentes. Quanto à receptividade com estrangeiros, tanto Portugal quanto a Inglaterra são conhecidos por serem acolhedores com pessoas de diferentes origens e culturas, incluindo a comunidade brasileira.

Comunidade Brasileira:

Tanto Portugal quanto a Inglaterra abrigam comunidades brasileiras significativas. Em Portugal, a comunidade brasileira é bastante numerosa, especialmente nas cidades de Lisboa, Porto e Algarve. Já na Inglaterra, a comunidade brasileira está presente em várias cidades, incluindo Londres, Birmingham e Manchester. Ambos os países oferecem oportunidades e suporte para os brasileiros que desejam se estabelecer e integrar nessas comunidades.

Portugal e Inglaterra têm suas diferenças em termos de salário mínimo, poder de compra, aquisição de casa, carro, bens materiais, supermercados, valor médio de arrendamento de casa e quartos, oportunidades de emprego, educação, acesso à saúde, pobreza, violência, receptividade com estrangeiros e comunidade brasileira. Cada país oferece vantagens e desafios, e a escolha entre eles dependerá das necessidades e prioridades individuais. É essencial realizar pesquisas adicionais e considerar aspectos pessoais antes de tomar qualquer decisão importante sobre morar ou trabalhar em qualquer um desses países.

Com base nos dados apresentados, é difícil determinar qual país é melhor para um imigrante morar, pois isso depende de diversos fatores pessoais e preferências individuais. No entanto, podemos destacar algumas informações relevantes que podem ajudar na tomada de decisão.

Em termos de salário mínimo, a Inglaterra oferece uma média mais alta, o que pode ser atrativo para quem busca maiores ganhos financeiros. No entanto, é necessário considerar o custo de vida mais elevado no país, especialmente em grandes cidades como Londres.

Portugal, por sua vez, possui um custo de vida mais acessível em muitas áreas, oferecendo uma vantagem em termos de poder de compra. Além disso, o país apresenta opções mais acessíveis para a aquisição de casa e valor médio de arrendamento, especialmente em áreas rurais e cidades menores.

Em relação às oportunidades de emprego, ambos os países oferecem perspectivas interessantes, com a Inglaterra possuindo uma economia mais diversificada e Portugal apresentando crescimento em setores como turismo, tecnologia e serviços.

Douglas Barbosa

Douglas Barbosa

Graduado em Tecnologia de Redes de Computadores e com Pós-Graduação em Marketing Digital, Business Intelligence e Estratégia Data-Driven pela Pontifícia Universidade Católica (PUC). Capacitação em Linguagem Corporal e Detecção de Microexpressões Faciais. Participação na formação "Máquina de Tráfego e Conversão - Aprenda a Vender Mais pelo Google Todos os Dias". Certificado pelo Google em Rede de Pesquisa. Vasta experiência em projetos de SEO, gestão de tráfego pago no Google Ads e Criação de Websites.

Partilhe na Mídias Sociais

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Categorias:

Sua Empresa em Destaque Anuncie Conosco!

Artigos em Destaque

Fique Ligado