Anuncie no Encontre Portugal

O maior Portal de dicas ao imigrante em Portugal.

MENU

Guia completo para viajar pela Europa partindo de Portugal pagando pouco

ryanair portugal

Guia completo para viajar pela Europa partindo de Portugal pagando pouco.

Viajar pela Europa pode ser uma experiência única e inesquecível, mas muitas pessoas pensam que é caro e complicado. No entanto, com um pouco de planejamento e algumas dicas, é possível viajar pagando pouco em passagens aéreas e hospedagens. Neste guia, você encontrará tudo o que precisa saber para viajar pela Europa morando e partindo de Portugal.

Portugal é um ótimo ponto de partida para quem deseja viajar pela Europa, principalmente para brasileiros que têm facilidade em obter o visto de residência em Portugal. Além disso, o país conta com diversas opções de voos diretos para as principais cidades europeias, o que pode facilitar a vida de quem busca economizar na passagem aérea.

Uma das melhores formas de conseguir passagens aéreas baratas é acompanhando as promoções das companhias aéreas. É possível encontrar passagens com preços promocionais para destinos como Paris, Madrid, Roma, entre outros. Outra dica é comprar as passagens com antecedência, pois os preços tendem a ser mais baixos.orre Eiffel em Paris

A Europa é um continente repleto de opções de destinos incríveis para todos os gostos. No entanto, para quem deseja economizar, é importante escolher destinos mais baratos. Alguns dos destinos mais em conta na Europa são:

  • Praga: é uma cidade que encanta pela beleza arquitetônica e pelas inúmeras opções culturais. Além disso, é uma cidade mais barata em comparação com outras capitais europeias.
  • Budapeste: é uma cidade charmosa e que oferece diversas opções de lazer, desde passeios de barco pelo Rio Danúbio até a visita ao famoso banho termal Széchenyi. A cidade também é mais acessível em termos de preço.
  • Lisboa: como ponto de partida para a viagem, a capital portuguesa pode ser uma ótima opção para quem quer economizar, já que possui diversas opções de hospedagens baratas e passeios gratuitos, como visitar os miradouros e a Torre de Belém.
  • Berlim: a capital alemã é uma cidade vibrante e cheia de história. Além disso, possui diversas opções de hospedagens e restaurantes com preços acessíveis, tornando-se uma opção econômica para quem deseja visitar a Europa.
  • Barcelona: a cidade espanhola é famosa por sua arquitetura única e praias incríveis. Além disso, possui diversas opções de hospedagens e restaurantes acessíveis, tornando-se uma opção interessante para quem quer economizar.
  • Cracóvia: é a segunda maior cidade da Polônia e um verdadeiro tesouro cultural. A cidade possui diversas opções de passeios

    Regras de viagem dentro do Espaço Schengen

    O Espaço Schengen é uma área composta por 26 países europeus que permitem a livre circulação de pessoas entre as fronteiras, sem a necessidade de passaporte ou visto. Isso significa que, ao viajar para um país dentro do Espaço Schengen, é possível transitar livremente por outros países sem precisar passar pela imigração novamente.

    No entanto, é importante lembrar que existem algumas regras de viagem dentro do Espaço Schengen. É necessário portar um passaporte válido e um comprovante de reserva de hospedagem ou bilhete de volta, caso solicitado pela imigração. Além disso, é permitido ficar no máximo 90 dias em um período de 180 dias em qualquer país do Espaço Schengen.

    Brasileiros precisam de visto para viajar pela Europa?

    Para brasileiros, é possível viajar para a Europa sem a necessidade de visto por até 90 dias, desde que sejam cumpridos os requisitos de entrada, como a apresentação de passaporte válido e comprovante de hospedagem ou bilhete de volta.

    Vale a pena levar o Cartão Europeu de Seguro Doença?

    O Cartão Europeu de Seguro Doença é um documento que permite ao viajante ter acesso aos serviços de saúde em qualquer país do Espaço Schengen, em caso de emergências médicas. O cartão é gratuito e pode ser solicitado pelo site da Segurança Social Direta.

    Se você pretende viajar pela Europa morando em Portugal, é altamente recomendável solicitar o Cartão Europeu de Seguro Doença. No entanto, é importante lembrar que o cartão não substitui um seguro de viagem, que pode cobrir outros tipos de emergências médicas, além de acidentes, extravio de bagagem, entre outros imprevistos.

    Compensa fazer seguro viagem?

    Sim, é altamente recomendável fazer um seguro de viagem ao viajar para a Europa, mesmo se você estiver morando em Portugal. O seguro de viagem pode cobrir emergências médicas, acidentes, extravio de bagagem, entre outros imprevistos, o que pode evitar gastos extras e prejuízos financeiros.

    Quanto de dinheiro em média levar?

    O valor de dinheiro que deve ser levado em uma viagem pela Europa pode variar de acordo com o perfil do viajante e o tempo de estadia. É importante levar em consideração o valor da hospedagem, transporte, alimentação e passeios.

    Uma dica importante é sempre ter um cartão de crédito internacional como backup, caso seja necessário fazer uma compra emergencial ou pagar algum imprevisto.

    Além disso, é importante lembrar que alguns países possuem uma taxa de turismo, como a Itália, que cobra uma taxa de 3 euros por pessoa, por noite, em algumas cidades. Por isso, é importante pesquisar sobre as taxas de turismo de cada país antes de viajar.

    Se resolver ir para o Reino Unido, Irlanda e Suíça, quais são os procedimentos?

    O Reino Unido, a Irlanda e a Suíça não fazem parte do Espaço Schengen, por isso possuem regras de entrada diferentes. Para entrar nesses países, é necessário apresentar um passaporte válido e seguir as regras de imigração de cada país.

    No caso do Reino Unido, é necessário solicitar um visto de turismo com antecedência, que tem duração máxima de seis meses. Além disso, é importante lembrar que o Reino Unido possui uma moeda diferente da zona do euro, a libra esterlina.viagens pela europa

    Já na Irlanda, é possível entrar no país sem a necessidade de visto para uma estadia máxima de 90 dias, desde que sejam cumpridos os requisitos de entrada, como a apresentação de passaporte válido e comprovante de hospedagem ou bilhete de volta.

    Na Suíça, é possível entrar no país sem a necessidade de visto para uma estadia máxima de 90 dias, desde que sejam cumpridos os requisitos de entrada, como a apresentação de passaporte válido e comprovante de hospedagem ou bilhete de volta. Além disso, é importante lembrar que a Suíça utiliza a moeda suíça, que é diferente do euro.

    Viajar pela Europa morando em Portugal pode ser uma experiência incrível e econômica, desde que sejam seguidas as regras de viagem e tomadas as precauções necessárias, como solicitar o Cartão Europeu de Seguro Doença e contratar um seguro de viagem.

    Além disso, é importante pesquisar bem os destinos e as opções de hospedagem, alimentação e passeios para economizar durante a viagem. Com essas dicas, é possível aproveitar ao máximo a Europa, sem gastar muito dinheiro.

    Além disso, para economizar ainda mais nas passagens aéreas, é possível utilizar algumas estratégias, como viajar em baixa temporada, reservar com antecedência e optar por voos com escalas.

    Para acomodação, existem diversas opções de hospedagem econômica, como hostels, Airbnb, apartamentos de temporada e até mesmo couchsurfing, que consiste em se hospedar na casa de locais que oferecem acomodação gratuita em troca de uma experiência cultural.

    É importante lembrar que, para viajar pela Europa, é necessário seguir as regras de viagem dentro do Espaço Schengen. Esse acordo permite a livre circulação de pessoas entre os países membros, porém, existem algumas restrições que devem ser observadas.

    Cidadãos brasileiros podem entrar no Espaço Schengen sem a necessidade de visto, desde que a estadia seja de até 90 dias dentro de um período de 180 dias. É importante lembrar que o passaporte deve estar válido por pelo menos seis meses a partir da data de entrada na Europa.

    Além disso, é importante levar em consideração as regras de cada país em relação a atividades permitidas e proibidas, como o consumo de álcool em locais públicos e a posse de drogas ilícitas, que podem resultar em multas e até mesmo prisão.

    Outro item importante para se considerar é a saúde. É altamente recomendado que os viajantes brasileiros solicitem o Cartão Europeu de Seguro Doença (CESD), que garante o acesso a tratamento médico gratuito ou a preços reduzidos nos países membros do Espaço Schengen. Além disso, é importante contratar um seguro de viagem que cubra despesas médicas, acidentes e repatriação, para evitar problemas em caso de emergências.

    Quanto ao dinheiro, é recomendado levar uma quantia suficiente para a estadia e passeios, além de cartões de crédito e débito internacionais. É importante lembrar que algumas taxas podem ser aplicadas em transações internacionais, por isso, é necessário se informar com antecedência sobre as taxas cobradas pelos bancos e operadoras de cartão.

    Em relação aos melhores destinos, a Europa oferece uma infinidade de opções para todos os gostos. Algumas das cidades mais populares entre os viajantes incluem Paris, Londres, Barcelona, Amsterdã, Roma, Berlim, Praga, Viena e Lisboa.

    No entanto, além dessas cidades mais famosas, existem muitos outros destinos menos conhecidos, mas igualmente encantadores, como as cidades históricas da Polônia, os castelos da Escócia, as praias da Croácia e as montanhas da Eslovênia.

    Em resumo, viajar pela Europa morando e partindo de Portugal pode ser uma experiência incrível e econômica, desde que sejam observadas as regras de viagem e tomadas as precauções necessárias. Com uma boa pesquisa e planejamento, é possível desfrutar de tudo o que o continente europeu tem a oferecer, sem gastar muito dinheiro.

    Para quem deseja economizar ainda mais nas passagens aéreas, uma opção interessante é utilizar o Wise (antigo Transferwise), uma plataforma que permite transferências de dinheiro internacionais de forma rápida e segura, com taxas muito mais baixas do que as praticadas pelos bancos convencionais.

    Além disso, outra forma de economizar nas passagens aéreas é optar pelas companhias aéreas low cost, que oferecem tarifas mais acessíveis do que as companhias tradicionais. Algumas das principais empresas desse tipo na Europa incluem Ryanair, EasyJet, Vueling, Transavia e Wizz Air.

    Para encontrar as melhores tarifas de passagens aéreas, é recomendado utilizar sites de busca de passagens, como o Skyscanner, Kayak e Momondo, que permitem comparar preços de diversas companhias aéreas e encontrar as opções mais baratas.

    Outra dica importante é pesquisar os melhores dias e horários para voar, que geralmente são durante a semana e fora dos horários de pico. Além disso, é importante estar atento às regras de bagagem das companhias aéreas, que podem variar bastante. Algumas empresas low cost, por exemplo, cobram taxas extras por bagagens despachadas e têm restrições quanto ao tamanho e peso das bagagens de mão.

    Para acomodação, o Booking é um dos sites mais populares entre os viajantes, permitindo reservas em hotéis, hostels, apartamentos e casas de temporada. Além disso, existem aplicativos de viagem que podem ser muito úteis durante a estadia, como o Google Maps, que ajuda a encontrar atrações turísticas, restaurantes e transporte público.

    Para quem deseja montar um roteiro de viagem pela Europa, é importante levar em consideração o tempo disponível e as preferências pessoais. É possível criar roteiros temáticos, como de cidades históricas, praias, montanhas ou gastronomia, ou ainda escolher uma região específica para explorar com mais profundidade.

    Por fim, para guardar dinheiro para a viagem, é recomendado estabelecer metas financeiras e criar um plano de economia. Algumas estratégias incluem cortar gastos desnecessários, aumentar a renda com trabalhos extras, como freelancers, e utilizar plataformas de investimento para rentabilizar o dinheiro guardado. Com um bom planejamento financeiro, é possível realizar o sonho de viajar pela Europa sem comprometer as finanças pessoais.

    Para conseguir fazer caber muita coisa na mala de viagem, é importante fazer uma lista do que é realmente necessário levar, priorizando roupas leves e versáteis que possam ser combinadas de diferentes maneiras. Além disso, é importante dobrar as roupas de forma compacta e utilizar sacos a vácuo para otimizar o espaço na mala.

    Pode pesquisar os melhores preços de passagens aéreas pelo nosso site  https://encontreportugal.pt/pesquisa-de-passagens-aereas/

     

Douglas Barbosa

Douglas Barbosa

Graduado em Tecnologia de Redes de Computadores e com Pós-Graduação em Marketing Digital, Business Intelligence e Estratégia Data-Driven pela Pontifícia Universidade Católica (PUC). Capacitação em Linguagem Corporal e Detecção de Microexpressões Faciais. Participação na formação "Máquina de Tráfego e Conversão - Aprenda a Vender Mais pelo Google Todos os Dias". Certificado pelo Google em Rede de Pesquisa. Vasta experiência em projetos de SEO, gestão de tráfego pago no Google Ads e Criação de Websites.

Partilhe na Mídias Sociais

Notícias Relacionadas

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Categorias:

Sua Empresa em Destaque Anuncie Conosco!

Artigos em Destaque

Fique Ligado